sábado, 15 de novembro de 2008

Bring on the salt

Diz o velho ditado que só se conhece uma pessoa depois de ter comido um quilo de sal com ela. Isso porque, para se comer um quilo de sal, é necessário passar muito tempo juntos. Diante disso, duas hipóteses se colocam diante de mim: ou cinco anos não são suficientes para se comer um quilo de sal com alguém, ou esse parâmetro deve ser revisto.

Imagino que ninguém esteja entendendo nada. Por isso explico. Eu, leitores, namoro o mesmo Namorado há cinco anos. Já estávamos pensando em nos casar – sim, estáVAmos porque agora devo reconsiderar – fazíamos planos para nossa lua-de-mel na Disney.
Eis que três dias atrás escrevi este post, contando as agruras de um dia torto. E eis que me aparece do Namorado o comentário que segue:

“Imagino se eu tivesse feito isso em minha mão, no dia seguinte teria achado que fui a um show na noite anterior em que o cara da bilheteria escreveu isso em minha mão para sair e entrar no show sem precisar deixar a identidade.”

Agora eu pergunto: comassim, imagina que teria ido a um show??? O que esse Namorado anda fumando para cogitar não se lembrar de ter ido a um show na noite anterior???

Haja sal...

Um comentário:

Paulo Cassini - Diferente disse...

É porque além do sal tem, pimenta, arroz, feijão... que são as outras coisas que a gente aprende aos poucos de cada um.

Só sal fica por faltar muita coisa ainda.

Beijos