sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Hoje, indo para o trabalho, senti uma vontade enorme de gritar.

Estava no trânsito, janela do carro aberta. Em frente ao Pátio Savassi. A moça do Gol (ou seria Ka? Ou Fox? Whatever...) ao lado estava me olhando. Aumentei o som do rádio, olhei para cima e respeirei fundo. Fundo, como se fosse sugar o mundo todo pelo nariz e pela boca. Fiquei bêbada de oxigênio e empurrei a vontade de gritar para o buraco que fica perto do meu estômago.

Droga. Deveria ter gritado.


PS: Leitores, mais uma vez, desculpem-me pela ausência nas últimas semanas. Como diz Rob Gordon, tem vezes que o post não sai. Tem outras vezes, que o post quer sair, mas o blogueiro não encontra tempo para escrever. Outras vezes, ainda, ele tem tempo e tem post, mas não tem... simplesmente não tem.

3 comentários:

RU. Ruleandson do Carmo disse...

Seria pior no busu lotado! hehe bjos

gilgomex disse...

hum...
só posso dizer uma coisa:
"deveria ter gritado!"

Kel Sodre disse...

Rules, poderia mesmo ter sido pior.

E, Gil, cada vez mais me convenço de que deveria.