sábado, 3 de dezembro de 2011

#MemeDasAntigas – Mas 2011 ainda não acabou, ainda vou tentar...



Sete anos de namoro. Sete anos sem sair pra balada para dançar porque o então namorado não curtia esse tipo de programa e, apesar de nunca ter ligado que eu fosse sem ele, minha opção sempre acabava sendo abrir mão da balada e ficar na companhia dele. Eis que ontem resolvi retomar minha vida de jovem solteira e fui pra buátchi com azamygha.

Lugar lindo, música ótima, bar bem variado. Encostei no balcão e pedi para o barman “um drink que venha naquele copão. Pode escolher um pra mim, só não coloca anis, nem faz muito doce e nem muito amargo”. Vi ele misturar vários alcoólicos e, no fim, colocar suco de laranja e de abacaxi. Vi os drinks das minhas amigas acabarem e meu copão ainda estar pela metade.
Não satisfeita com o pilequinho adquirido, resolvi ir ao bar e pedir outro drink no copão. Mesmo esquema: o bartender escolhe, nada muito doce nem muito amargo, abominamos anis.

Novamente, vi o moço misturar vários alcoólicos e, no fim, colocou um chorinho de Coca e um dedo de energético. Ao terminar a mistura, ele olhou pra mim e fez o fatídico sinal de “tá fudida!”. Perguntei a ele o que tinha ali dentro. Rum, vodka, tequila, whisky, Coca e energético foi o que ele respondeu, mas tenho certeza de que ele também colocou uma lágrima do Capeta dentro daquele copo.

Já no primeiro gole largo, sentir o lugar rodar. Mas a situação estava sob controle enquanto eu estava de pé e me movimentando na pista de dança. Foi quando entrei no taxi, tendo ingerido quase um litro de coquetéis, que percebi a gravidade da coisa. Para dar uma noção do tamanho do estrago, tenho a dizer somente que às 09h30min, quando fui levar Otelo no petshop, eu ainda estava bem zonza. Às 11h52min, quando fui buscá-lo também.

Diante do cenário descrito acima, amigos, o que eu ainda vou tentar em 2011 é curar esta ressaca, que é minha única grande preocupação no momento.



PS: Perder 3kg é uma meta de vida. Eu SEMPRE quero emagrecer 3kg, então pode pôr na lista de coisas que eu vou tentar fazer até o fim do ano também.

PPS: Para saber mais informações sobre o Meme das Antigas, quem está participando e os temas futuros, basta dar uma passadinha no Pequeno Inventário de Impropriedades (link na imagem no início deste post).

11 comentários:

MaxReinert disse...

huahauhauhaua..... mas um porre, de vez em quando, é ótimo!!!!!
Adoooooooro!

Natalia Máximo disse...

Boa sorte pra se recuperar, hein... Porres de fim de namoro, do tal "eu sou solteira mesmo, vou ficar bebaça" são sempre homéricos. E a ressaca... Ai, sempre ela :S

Kel Sodré disse...

Max, um porre de vez em quando é até legal mesmo. Só a ressaca do dia seguinte é que me faz duvidar se esse crime vale mesmo a pena. hahaha

Kel Sodré disse...

Mas, Natalia, sabe que eu nem tava nessa vibe de ficar bebassa? Eu só fui bebendo, bebendo, bebendo, a noite tava boa, eu continuei bebendo... e, quando vi, o estrago tava feito. E que estrago! rsrs

Larissa Bohnenberger disse...

É, ressaca é foda! E por mais que pareça 'prudente' demais, te digo que intercalar os drinks com garrafinhas de água ajuda bastante a ficar bêbada sem querer arrancar a cabeça fora no dia seguinte. Mas amiga, vou te dizer uma coisa: sete anos de namoro e sem sair? Vai pra farra, filha! Aproveita! Rsrsrsrsrsrs!

Bjs!

Kel Sodré disse...

hahaha

Larissa, não que tenham sido sete anos em clausura, longe disso! A gente só fazia outros tipos de programa. Mas foi muito bom fazer esse programa "de meninas" de novo.

Quanto à receita da água entre um drink e outro, e eu não sei??? Mas quem disse que eu pensei na água??? huashuas

Ana disse...

eita nóis beber de uma vez o q não tinha bebido em 7 anos???? De vez em qdo um porre acompanhado de uma ressaca é bom, a gente vai até o fundo do poço e volta rsrs

Kel Sodré disse...

hahaha Ana, não é que eu tenha ficado sem beber nesses anos de namoro, então nem foi o caso de beber todo o álcool que me era de direito. rs O caso foi mesmo que eu simplesmente não vi o porre chegar! Achei que estivesse tudo bem, tudo sob controle e, quando vi, tava bebassa! haha E ressaca é mesmo muito... hmm... digamos, didático. É sempre bom uma "das boas" pra te lembrar que não ultrapassar seu limite alcoólico faz bem pra sua dignidade. hahah

Luíza Antunes disse...

O primeiro drink skoll litrão a gente nunca esquece...

Mog disse...

HAUHAUAHAUHA
Desculpa aparecer por acaso no seu blog e ainda comentar com uma risada, mas é que eu comecei a rir no meio da biblioteca que estou agora, quando li "uma lágrima do capeta"!!!!!
Muito gostoso seu texto. Cheguei pelo meme e gostei bastante do blog.

Beijokas e inté ;D

Kel Sodré disse...

Lu, quer dizer que a história do drink skoll litrão já atravessou o oceano e chegou na Índia, né? Tô lascada... hahah

Mog, que delícia receber esses elogios! Fico feliz que tenha conseguido te fazer rir com a história do meu sábado decadente, me recuperando dessa ressaca histórica! huashuashuas Espero que você volte outras vezes, seja bem vinda!