quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

#MemeDasAntigas – Meu site/blog preferido em 2011



Ela tem 30 anos, é jornalista, feminista, bem resolvida e tinha como meta transar com 100 homens em 2011. Queria colocar suas experiências em um blog, num misto de diário, caderno de recordações e serviço de utilidade pública – mostrando às mulheres que uma vida fora dos moldes seapaixonar-namorar-casar-terfilhos-serfeliz é possível. Também tratou de outros temas, alheios às suas aventuras sexuais, mas sempre dentro da temática da sexualidade e, com isso, tocou em muitos tabus. Não se furtou a desabafar nem a reclamar sobre seus inúmeros haters, que transformavam os comentários em um cenário dantesco.

No meio do caminho da empreitada, porém, descobriu que não seria possível bater a meta. O motivo: os homens falam mais do que fazem. E reduziu o número inicial pela metade. Quisera ter sido esse o único impedimento para que ela levasse ao fim seu projeto de ir para a cama com 100 homens diferentes em um ano. Mas ela enfrentou outras dificuldades: desemprego, questões sérias de saúde, a lembrança de uma tragédia na família, o término de um namoro e, por fim, uma crise depressiva. Ufa! Se é problema demais para mim, que me encaixo bem no perfil que essa moça tem, imagino que também seja para ela.

Diante de tantos percalços, o blog acabou virando toda uma outra coisa. Deixou de tratar de sexualidade e assumiu muito mais seu caráter de diário, falando sobre depressão, as dificuldades que as pessoas têm em lidar com um depressivo, a solidão, sobre suas frustrações e revoltas. Mas continuou prestando um serviço: mais comum do que se imagina, a depressão ainda é encarada como “frescura”, “falta de uma pilha de louça pra lavar” ou “carência afetiva”. Assim, um espaço aberto para a discussão do tema e onde as pessoas podem se informar mais sobre o assunto é muito útil.

Introdução feita, deixo vocês com o Cem Homens, por Letícia F. (que, espero, se recupere rápido e leve a cabo os conselhos que recebeu de virar colunista de sexualidade para alguma publicação, ou que continue escrevendo sobre o tema no blog mesmo).




Vou dar uma roubadinha no Meme e vou falar também sobre um outro blog, este que já mora no meu coração há anos! É o Championship Vinyl, do amigo querido Rob Gordon, que ganha menção honrosa neste post. Leio o Champ desde 2007 e, nessa época, ele me fazia companhia na vida às vezes sozinha de intercambista. Nestes quatro anos, vi fases muito diferentes do Champ – que refletem, automaticamente, fases diferentes do próprio Rob. Nos últimos meses, vi uma fase triste, que não gostaria de ter visto. Mas é com uma felicidade genuína que vejo o Champ – e o Rob – voltar aos bons e velhos tempos, com posts sobre o cotidiano muito bem temperados com a sensibilidade e o humor ácido desse escritor que adoro. Com vocês, o novo velho Championship Vinyl:



__________________________________________

Este post faz parte da blogagem coletiva Meme das Antigas, promovida pelo Max Reinert. A proposta é as pessoas fazerem um balanço de 2011, espantar os exús e concentrar as boas energias para 2012. Para saber mais sobre o Meme, os participantes e os temas que estão por vir, passa lá no Pequeno Inventário de Impropriedades (link na imagem no início deste post).

4 comentários:

Kel Sodré disse...

Ai, gente, não consigo! Tentei roubar pouco no Meme, mas a verdade é que não dá! Também tenho que falar do Quero Te Pegar Sóbrio! Blog excelente, vai lá conferir: http://querotepegarsobrio.wordpress.com/

MaxReinert disse...

O blog do Rob é imbatível... já deixei de fora da "competição".. hehehhe...o outro eu não conhecia... mas achei interessante!

Larissa Bohnenberger disse...

Homenagem mais do que merecida ao Rob e ao Champ! Ele merece! É o Top dos Tops!

Bjs!

Kel Sodré disse...

É, pois é... Eu também teria tirado o Champ da competição e colocado na categoria de hor concour, mas visto que o blog se reinventou este ano, achei que merecia a menção. :)